Marketing pós-Covid: O que mudou?

Com o processo de desconfinamento praticamente concluído, com as medidas que entraram em vigor a 1 de outubro, é hora de olhar um pouco para o que mudou no marketing nesta era pós-Covid – não querendo dizer que a Covid acabou, mas como forma de contraste com o que era antes de março de 2020.

 

O online veio para ficar

E ainda bem! Ainda não chegamos claramente à fase de “aquela reunião podia ter sido só um e-mail”, mas pelo menos já praticamente todas as empresas assumem que é possível levar os negócios para a frente, reunir, fazer trabalho comercial e impulsionar a comunicação… tudo no digital. Obviamente, não é desejável que tudo o que é presencial acabe e que passemos a ser trabalhadores de Zoom, mas certamente que um sistema híbrido não é o futuro, é o presente!

Estamos aqui e em todo o lado

Tirando a campanha autárquica, não há dúvida de que o investimento em publicidade está (e deve estar), definitivamente, desviado de cartazes e panfletos e concentrado em Google Ads ou Facebook Ads. Estas plataformas, e outras similares, permitem que a sua empresa esteja no mesmo sítio físico e em todo o lado onde precisa de estar – no caso, estar onde o seu público-alvo estiver. E melhor: com investimento controlado e dedicado a objetivos concretos.

Verdadeiras redes sociais

Ligado ao tópico anterior, há que referir que muitas PME só se aguentaram durante estes meses por se terem criado verdadeiras redes sociais locais, através de comunicação feita no Facebook e Instagram, sobretudo, o que permitiu até que novos negócios nascessem, num contexto que, noutra altura e sem todas estas ferramentas à disposição, seria fatal. Aliás, recentemente, todos sentimos ‘na pele’ o que é ficar sem poder aceder a essas redes sociais por horas e o quanto isso custou!

A incerteza é certa

No marketing e em todas as outras áreas, todos aprendemos (nem que seja numa ínfima percentagem) a lidar melhor com a incerteza e a não deixar para amanhã o que podemos fazer hoje, sob pena de a concorrência nos ultrapassar. Num mundo onde já existia tanta instabilidade, a pandemia veio acentuar o ritmo das constantes mudanças e fazer com que empresas e pessoas tenham agilidade, capacidade de adaptação e resiliência. 

 

É essencial manter a proximidade aos clientes, alavancar notoriedade de marca e garantir vendas. E está visto: isso só é conseguido com recurso a plataformas digitais!

Partilhar nas redes sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Estou pronto para trabalhar com a Archilike!