Os Podcasts como ferramenta de marketing

Os podcasts têm vindo a ganhar cada vez mais espaço entre os produtores de conteúdo, entre os quais se incluem as agências de marketing. O podcast é um formato marcado pela informalidade e interação com o público. E é dessa interação que as marcas precisam! Mas e as marcas, será que já sabem como utilizar esse tipo de ferramenta para atrair e envolver os consumidores?

Venha daí e ‘ouça’ tudo o que temos para lhe contar!

 

O que é um podcast?

O podcast é um meio de comunicação parecido com um programa de rádio. Porém, é digital, ‘portátil’, descarregável e audível na altura que o utilizador preferir. Pode ter temas variados, tais como notícias sobre qualquer assunto, debates com especialistas sobre fotografia, viagens, temas sociais e também conteúdos relacionados com o nicho de uma empresa. Além disso, pode fazer-se em qualquer formato, em MP3, AAC ou em OGG.

Portanto, o conjunto de arquivos de áudio é chamado de podcast e o autor de um podcast é o podcaster

Se o podcast é parecido com um programa de rádio, então por que não têm o mesmo nome? Bem, a resposta é simples: primeiro, ser parecido não é ser igual e já explicámos algumas das diferenças entre os conceitos. Depois, o significado das palavras que compõem o podcast também explica essas diferenças nos nomes: “pod”, que vem do antigo (sim, já é antigo) iPod, da Apple; e “cast”, que vem de “broadcast”, ou seja, transmissão em massa.

 

Onde posso ouvir podcasts?

Primeiro, vamos deixar claro que, na grande maioria, os podcasts são gratuitos para os ouvintes. Para os podcasters, o custo é mínimo, tornando-se assim uma vantagem produzi-los. Podem ser ouvidos através de sites, plataformas de músicas, como o Spotify, e até mesmo no Youtube. Se o arquivo estiver em formato de vídeo, é chamado de videocast.

 

Quais os benefícios desta tendência?

Para os ouvintes, é muito fácil ter acesso e ouvir o que mais lhes interessa, como mencionámos mais acima. É possível fazê-lo em qualquer lugar: no carro, no ginásio, no trabalho, na rua, em casa, etc. Já que todos estão sempre na correria do dia-a-dia, o podcast veio para facilitar o acesso às diversas informações.

Outro benefício do podcast inclui a lucratividade, pois é possível divulgar produtos e serviços parceiros. Além disso, há a mensurabilidade, já que é possível medir o alcance e o número de ‘plays’ conquistados. Como já é costume, mensurar dados é importantíssimo para qualquer negócio.

 

Podcasts como ferramenta de marketing

Hoje em dia, para as campanhas de sucesso das empresas, a diversificação dos conteúdos é muito importante para um maior alcance de pessoas. A criação de conteúdo em diferentes formatos é um grande responsável por isso.

Com a tecnologia, esta prática ficou cada vez mais simples, pois existem muitas ferramentas para serem exploradas. Neste contexto, o podcast contribui para a diversificação de conteúdo produzido.

Quando há posts de conteúdo relevante, por exemplo, no Itunes, fica disponível para milhares de potenciais ouvintes e sem qualquer custo, sendo que a exposição orgânica ajuda a aumentar a audiência. O uso da voz traz maior intimidade e conexão com o público. Os elementos sonoros trazem interatividade e diversão, aumentando o envolvimento do público. Além disso, o que podia ser feito num texto ou livro de imensas páginas, pode ser dividido em vários episódios de conteúdo áudio e ser tendencialmente mais bem assimilado pelo público-alvo. A chave, segundo a Forbes, é fornecer um conteúdo de qualidade para os ouvintes.

Com tantas funcionalidades, este pode ser o momento certo para investir nesta ferramenta, para atrair público e criar um maior envolvimento com a sua organização!

Partilhar nas redes sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Estou pronto para trabalhar com a Archilike!