Coronavírus – mais do que uma ameaça, várias oportunidades

É o assunto do momento, infelizmente: o alastrar do Coronavírus (ou Covid-19) para cada vez mais países, o que tem causado mais alarme do que informação entre a população.

Este artigo não é, naturalmente, sobre o vírus em si e sobre o alarmismo causado, mas sim sobre a parte da informação. Não somos simples pessoas que andam de boné, barba por fazer e que não têm propriedade para falar sobre o assunto, como referiu Jürgen Klopp. Mas realmente também somos pessoas que não têm propriedade para falar sobre o assunto, do ponto de vista médico.

Do ponto de vista do marketing e comunicação digital, sim, temos algumas coisas a dizer. Como refere o título deste artigo, e remetendo ao velho (mas querido) quadro da análise SWOT, o coronavírus pode ser olhado sob o ponto de vista das oportunidades que cria, mais do que do ponto de vista da ameaça à saúde pública. Quanto mais não seja, para pensar positivo!

1 – Nos últimos dias, têm sido algumas as instituições a fechar portas por causa do Coronavírus, ou que tiveram de adotar um plano de contingência, mantendo os trabalhadores em regime de teletrabalho. Desde logo, este é um facto positivo: graças à evolução tecnológica e ao digital, é possível que as empresas não parem totalmente, algo que não se verificaria há poucos anos.

2 – Há a piada que diz que muitas reuniões podiam ter sido resolvidas. com um simples e-mail e que agora é que isso se vai comprovar. De facto, as reuniões presenciais vão ter de ser interrompidas durante uns tempos, mas as reuniões por videochamada constituem bons substitutos – ou até melhores alternativas – em relação às reuniões ao vivo.

3 – No seguimento disso, o trabalho da equipa comercial acaba por ser talvez o mais afetado, por se basear muito no… contacto social. No entanto, estando impedidos de contactar fisicamente com os clientes ou potenciais clientes, podem manter a relação ou criá-la através de e-mail, chamada telefónica ou por intermédio do Linkedin, enviando uma mensagem personalizada, até desdramatizando a situação.

4 – Como defendemos sempre, o website é o ponto central da sua marca. Estando reduzido o contacto pessoal, ainda mais deve investir em manter o seu site ativo, bem como as redes sociais, tanto para dar informações sobre potenciais restrições que a Covid-19 possa causar na normal atividade da sua empresa, como para manter uma divulgação regular do seu trabalho, para que os clientes continuem a sentir a sua presença, com normalidade.

No que toca à sua organização, o Coronavírus não é um problema de difícil resolução, desde que aposte nas ferramentas e possibilidade que o digital lhe oferece para gerar negócio. Agora, se apanhar vírus no seu computador ou no telemóvel, realmente complica a situação…

Partilhar nas redes sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Estou pronto para trabalhar com a Archilike!